17 discos que fazem 30 anos em 2017

       Crest of a Knave - Jethro TullCrest of a Knave – Jethro Tull

Depois de um hiato de três anos, o Jethro Tull lançou Crest of a Knave, que viria a ser o disco mais bem-sucedido do grupo desde os anos 1970. O trabalho ganhou o prêmio Grammy de Melhor Performance Vocal ou Instrumental de Hard Rock/Metal. Os singles de Crest of a Knave são “Steel Monkey”, “Said She Was a Dancer”, “Jump Start”, “Farm on the Freeway” e “Budapest”.

Whitney - Whitney Houston

Whitney – Whitney Houston

Whitney deu sequência ao debute da cantora e elevou-a à fama internacional. Os singles “I Wanna Dance with Somebody (Who Loves Me)”, “Didn’t We Almost Have It All”, “So Emotional” e “Where Do Broken Hearts Go” chegaram ao topo das paradas.

Não É Azul, mas É Mar - DjavanNão É Azul, mas É Mar – Djavan

O oitavo álbum do Djavan foi gravado em Los Angeles, nos Estados Unidos, e também lançado nos EUA, Japão e alguns países da Europa na versão em inglês, chamada Birds of Paradise. As faixas do álbum que mais se destacam são “Soweto”, “Me Leve”, “Dou-Não-Dou”, “Florir”, “Maçã”, “Doidice” e “Carnaval do Rio”.

A Momentary Lapse of Reason - Pink Floyd  A Momentary Lapse of Reason – Pink Floyd

O terceiro trabalho do Pink Floyd não foi tão bem recebido pelas críticas, mas ainda sim teve sucesso estrondoso com o público. Nesta coletânea de faixas escritas por David Gilmour em parceria com Anthony Moore, os singles “Learning to Fly” e “Terminal Frost” merecem destaque.

Permanent Vacation - AerosmithPermanent Vacation – Aerosmith

O nono álbum do Aerosmith alcançou o topo das paradas com músicas como “Dude (Looks Like a Lady)”, “Rag Doll” e “Angel”. O trabalho vendeu mais de 5 milhões de cópias só nos Estados Unidos

Independência - Capital InicialIndependência – Capital Inicial

Independência, o segundo álbum da banda Capital Inicial, marcou a entrada do tecladista Bozo Barretti no grupo. O disco alcançou sucesso com músicas como a faixa-título, “Prova” e a regravação de “Descendo o Rio Nilo”.

Electric - The CultElectric – The Cult

No terceiro álbum do The Cult, o som transita do rock gótico para o hard rock. Músicas como “Love Removal Machine”, “Lil’ Devil” e “Wild Flower” fizeram sucesso com o público e o disco aparece no livro 1001 Álbuns que Tem de Ouvir Antes de Morrer.

Yauaretê - Milton NascimentoYauaretê – Milton Nascimento

Milton Nascimento gravou Yauaretê entre Rio de Janeiro e Los Angeles, criando músicas inéditas como “Canções e Momentos”, “Carta à República”, Planeta Blue”, “Yauaretê” e “Mountain”, esta última feita em parceria com Márcio Borges e o inglês Cat Stevens.

A Revolta dos Dândis - Engenheiros do HawaiiA Revolta dos Dândis – Engenheiros do Hawaii

A Revolta dos Dândis marcou a estreia do guitarrista Augusto Licks no Engenheiros do Hawaii, enquanto Humberto Gessinger ficou encarregado do baixo. Os maiores sucessos do álbum são a faixa-título, “Terra de Gigantes” e “Infinita Highway”.

Bad - Michael JacksonBad – Michael Jackson

Bad consolidou Michael Jackson como um dos artistas mais bem-sucedidos dos anos 1980. Entre as faixas estão os sucessos “I Just Can’t Stop Loving You”, “Bad”, “The Way You Make Me Feel”, “Man in the Mirror” e “Dirty Diana”.

 

Among the Living - Anthrax Among the Living – Anthrax

O disco é o terceiro de estúdio do Anthrax e é considerado um dos melhores álbuns de thrash metal de todos os tempos. Nele estão faixas como “I Am the Law” e “Indians” e o trabalho foi produzido pelo renomado Eddie Kramer.

Appetite For Destruction - Guns n' RosesAppetite For Destruction – Guns N’ Roses

Appetite For Destruction é a estreia do Guns N’ Roses. É considerado um dos mais importantes trabalhos da história do rock, tendo sucessos como “Welcome to the Jungle”, “Sweet Child O’ Mine” e “Paradise City”. O disco está na lista de 200 álbuns definitivos do Hall da Fama do Rock.

Que País É Este - Legião UrbanaQue País É Este – Legião Urbana

Que País É Este é o terceiro álbum do Legião Urbana. Ele teve sucessos como a faixa-título, “Faroeste Caboclo” e “Angra dos Reis”. No Brasil, o disco vendeu mais de um milhão de cópias, sendo premiado com o Disco de Diamante da ABPD.

The Joshua Tree - U2The Joshua Tree – U2

The Joshua Tree é o quinto álbum do U2. Ele chegou ao topo das paradas em mais de 20 países e continha os sucessos “With or Without You”, “I Still Haven’t Found What I’m Looking For” e “Where the Streets Have No Name”. O trabalho ganhou os prêmios Grammy de Álbum do Ano e Melhor Performance de Rock por um Duo ou Grupo em 1988.

Jesus não Tem Dentes no País dos Banguelas - TitãsJesus não Tem Dentes no País dos Banguelas – Titãs

O quarto álbum de estúdio do Titãs teve experimentações com música eletrônica e influências do funk rock, sem deixar de lado o cunho social das letras da banda. Músicas como “Lugar Nenhum”, “Nome aos Bois” e “Comida” impulsionaram a popularidade do grupo junto ao público.

Kiss Me, Kiss Me, Kiss Me - The CureKiss Me, Kiss Me, Kiss Me – The Cure

O sétimo disco de estúdio do The Cure ajudou o grupo a entrar no mainstream nos Estados Unidos, chegando ao topo das paradas. Os singles “Just Like Heaven”, “Why Can’t I Be You?” e “Hot Hot Hot!!!” tiveram sucesso internacional.

Faith - George MichaelFaith – George Michael

Faith é a estreia solo de George Michael, que fazia parte do duo Wham!. O disco fez grande sucesso, e Michael recebeu o prêmio Grammy de Álbum do Ano em 1989 pelo trabalho. Faith já vendeu mais de 25 milhões de cópias no mundo e tem hits como “One More Try”, “I Want Your Sex”, e “Father Figure”.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s