Meia Hora imita “Caras” para falar sobre prisão de Eike

Sempre lançando mão de um estilo nada convencional em suas manchetes, o jornal Meia Hora encontrou mais uma maneira inusitada de chamar a atenção com a notícia da vez: a prisão do empresário Eike Batista. Para isso, o veículo carioca usou a linguagem visual e alguns termos manjados do mundo das celebridades, com referência de “Caras”, mas com o título de “Celas – A revista dos presos vips”.

Além da ironia com a ida para a cadeia do bilionário, o jornal ainda encontrou um jeito de colocar na primeira página uma manchete destacando a rotina de leitura do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, também preso por suspeita de desvios de verbas em obras do governo estadual feitas com recursos federais.

Confira:

3198290483

kkk…

Boa sacada!

O Barcelona é um clube que se fez, principalmente, pelos seus torcedores. Tanto é que durante muito tempo o time foi mantido exclusivamente pelo dinheiro de seus sócios torcedores e os ingressos em jogos, tudo isso sem a necessidade de patrocinadores estampados em uniformes.

Atualmente, a equipe mantém uma série de acordos comerciais, contudo não se esquece de sua maior riqueza: a torcida. Isso fica expresso nesta inusitada ação de marketing em que o craque Rivaldo se fantasia para participar de uma “pelada” com fãs do Barça no Camp Nou.

Os convidados, que não sabiam de nada, se surpreendem ao descobrirem que jogaram com o ex-camisa 10, ganhador da bola de ouro e bicampeão do Campeonato Espanhol. A ação faz parte de uma estratégia maior nomeada de FCB Legends, uma equipe de ex-jogadores que buscam expandir a marca Barcelona ao redor do mundo.

A brincadeira feita em parceria com a empresa de apostas Bet Fair segue os moldes das pegadinhas de famosos jogadores que se maquiam como anônimos e roubam a cena. O mesmo já ocorreu com Cristiano Ronaldo quando fantasiado de mendigo e com o francês Séan Garnier quando ele se passou por um velhinho.3819747373-rivaldo

Corinthians irá abrir seu próprio pub

Uma boa estratégia de reposicionamento de marca é a que se alinha ao presente, mas também revê sua história. Depois do sucesso de lançamentos gastronômicos capitaneados por clubes como a Cantina Palestra do Palmeiras e a Hamburgueria 1903 do Grêmio, é a vez do Corinthians entrar neste jogo.

O empreendimento será um pub com o nome de St. George, santo padroeiro da equipe. Prevista para estrear em abril, a casa será instalada na Avenida Faria Lima e os planos neste campo são altos.

A marca pretende criar uma rede de estabelecimentos que será gerida pela SportFood, empresa que já cuida de negócios semelhantes de outros clubes, e busca em cinco anos inaugurar 101 unidades em shoppings, ruas e nos principais pontos do país.81824866-st-georger

17 discos que fazem 30 anos em 2017

       Crest of a Knave - Jethro TullCrest of a Knave – Jethro Tull

Depois de um hiato de três anos, o Jethro Tull lançou Crest of a Knave, que viria a ser o disco mais bem-sucedido do grupo desde os anos 1970. O trabalho ganhou o prêmio Grammy de Melhor Performance Vocal ou Instrumental de Hard Rock/Metal. Os singles de Crest of a Knave são “Steel Monkey”, “Said She Was a Dancer”, “Jump Start”, “Farm on the Freeway” e “Budapest”.

Whitney - Whitney Houston

Whitney – Whitney Houston

Whitney deu sequência ao debute da cantora e elevou-a à fama internacional. Os singles “I Wanna Dance with Somebody (Who Loves Me)”, “Didn’t We Almost Have It All”, “So Emotional” e “Where Do Broken Hearts Go” chegaram ao topo das paradas.

Não É Azul, mas É Mar - DjavanNão É Azul, mas É Mar – Djavan

O oitavo álbum do Djavan foi gravado em Los Angeles, nos Estados Unidos, e também lançado nos EUA, Japão e alguns países da Europa na versão em inglês, chamada Birds of Paradise. As faixas do álbum que mais se destacam são “Soweto”, “Me Leve”, “Dou-Não-Dou”, “Florir”, “Maçã”, “Doidice” e “Carnaval do Rio”.

A Momentary Lapse of Reason - Pink Floyd  A Momentary Lapse of Reason – Pink Floyd

O terceiro trabalho do Pink Floyd não foi tão bem recebido pelas críticas, mas ainda sim teve sucesso estrondoso com o público. Nesta coletânea de faixas escritas por David Gilmour em parceria com Anthony Moore, os singles “Learning to Fly” e “Terminal Frost” merecem destaque.

Permanent Vacation - AerosmithPermanent Vacation – Aerosmith

O nono álbum do Aerosmith alcançou o topo das paradas com músicas como “Dude (Looks Like a Lady)”, “Rag Doll” e “Angel”. O trabalho vendeu mais de 5 milhões de cópias só nos Estados Unidos

Independência - Capital InicialIndependência – Capital Inicial

Independência, o segundo álbum da banda Capital Inicial, marcou a entrada do tecladista Bozo Barretti no grupo. O disco alcançou sucesso com músicas como a faixa-título, “Prova” e a regravação de “Descendo o Rio Nilo”.

Electric - The CultElectric – The Cult

No terceiro álbum do The Cult, o som transita do rock gótico para o hard rock. Músicas como “Love Removal Machine”, “Lil’ Devil” e “Wild Flower” fizeram sucesso com o público e o disco aparece no livro 1001 Álbuns que Tem de Ouvir Antes de Morrer.

Yauaretê - Milton NascimentoYauaretê – Milton Nascimento

Milton Nascimento gravou Yauaretê entre Rio de Janeiro e Los Angeles, criando músicas inéditas como “Canções e Momentos”, “Carta à República”, Planeta Blue”, “Yauaretê” e “Mountain”, esta última feita em parceria com Márcio Borges e o inglês Cat Stevens.

A Revolta dos Dândis - Engenheiros do HawaiiA Revolta dos Dândis – Engenheiros do Hawaii

A Revolta dos Dândis marcou a estreia do guitarrista Augusto Licks no Engenheiros do Hawaii, enquanto Humberto Gessinger ficou encarregado do baixo. Os maiores sucessos do álbum são a faixa-título, “Terra de Gigantes” e “Infinita Highway”.

Bad - Michael JacksonBad – Michael Jackson

Bad consolidou Michael Jackson como um dos artistas mais bem-sucedidos dos anos 1980. Entre as faixas estão os sucessos “I Just Can’t Stop Loving You”, “Bad”, “The Way You Make Me Feel”, “Man in the Mirror” e “Dirty Diana”.

 

Among the Living - Anthrax Among the Living – Anthrax

O disco é o terceiro de estúdio do Anthrax e é considerado um dos melhores álbuns de thrash metal de todos os tempos. Nele estão faixas como “I Am the Law” e “Indians” e o trabalho foi produzido pelo renomado Eddie Kramer.

Appetite For Destruction - Guns n' RosesAppetite For Destruction – Guns N’ Roses

Appetite For Destruction é a estreia do Guns N’ Roses. É considerado um dos mais importantes trabalhos da história do rock, tendo sucessos como “Welcome to the Jungle”, “Sweet Child O’ Mine” e “Paradise City”. O disco está na lista de 200 álbuns definitivos do Hall da Fama do Rock.

Que País É Este - Legião UrbanaQue País É Este – Legião Urbana

Que País É Este é o terceiro álbum do Legião Urbana. Ele teve sucessos como a faixa-título, “Faroeste Caboclo” e “Angra dos Reis”. No Brasil, o disco vendeu mais de um milhão de cópias, sendo premiado com o Disco de Diamante da ABPD.

The Joshua Tree - U2The Joshua Tree – U2

The Joshua Tree é o quinto álbum do U2. Ele chegou ao topo das paradas em mais de 20 países e continha os sucessos “With or Without You”, “I Still Haven’t Found What I’m Looking For” e “Where the Streets Have No Name”. O trabalho ganhou os prêmios Grammy de Álbum do Ano e Melhor Performance de Rock por um Duo ou Grupo em 1988.

Jesus não Tem Dentes no País dos Banguelas - TitãsJesus não Tem Dentes no País dos Banguelas – Titãs

O quarto álbum de estúdio do Titãs teve experimentações com música eletrônica e influências do funk rock, sem deixar de lado o cunho social das letras da banda. Músicas como “Lugar Nenhum”, “Nome aos Bois” e “Comida” impulsionaram a popularidade do grupo junto ao público.

Kiss Me, Kiss Me, Kiss Me - The CureKiss Me, Kiss Me, Kiss Me – The Cure

O sétimo disco de estúdio do The Cure ajudou o grupo a entrar no mainstream nos Estados Unidos, chegando ao topo das paradas. Os singles “Just Like Heaven”, “Why Can’t I Be You?” e “Hot Hot Hot!!!” tiveram sucesso internacional.

Faith - George MichaelFaith – George Michael

Faith é a estreia solo de George Michael, que fazia parte do duo Wham!. O disco fez grande sucesso, e Michael recebeu o prêmio Grammy de Álbum do Ano em 1989 pelo trabalho. Faith já vendeu mais de 25 milhões de cópias no mundo e tem hits como “One More Try”, “I Want Your Sex”, e “Father Figure”.

 

Anonymous ameaça governo caso ele restrinja a internet

anonymopus

 

Na internet as coisas acontecem em uma velocidade absurda. Se em um dia uma afirmação controversa é feita, no outro, a represália vem à galope. Foi o que ocorreu essa semana quando o ministro da ciência, tecnologia, inovações e comunicações, Gilberto Kassab, deu uma entrevista ao Poder360 onde defendeu a venda de pacote de dados e declarou o fim da internet ilimitada.

A declaração pegou mal e hoje (13), Juarez Quadros, presidente da Anatel, tranquilizou os mais exaltados ao dizer que não há intenção de restringir a navegação. “Não há por parte do Ministério e também da Anatel nenhuma intenção de reabrir a questão”, disse Quadros.

No entanto, nem todos se sentiram contemplados e seguros com o pronunciamento. Um desses grupos é o Anonymous. O coletivo, famoso por derrubar importantes portais e vazar informações do governo, já convocou algumas células para se organizar em retaliações.

As afirmações são claras e solicitam para que os interventores desta mudança “não se atrevam”. Confira abaixo o post em que o manifesto em defesa da internet livre foi publicado:

Mídia zumbi: Doria apaga pichações mas Veja se preocupa com “tênis de marca” sujo

Já se criou no imaginário comum a ideia de que a grande mídia quase sempre está mentindo ou distorcendo informações, além de não conseguir esconder mais seu viés esquerdista. No Brasil, o viés é de…

Fonte: Mídia zumbi: Doria apaga pichações mas Veja se preocupa com “tênis de marca” sujo

Aumento da tarifa.

12jan2017-manifestantes-protestam-na-avenida-paulista-contra-o-possivel-aumento-das-tarifas-de-transporte-em-sao-paulo-1484253500814_615x470

O povo sai ás ruas para se manifestar contra um eventual aumento de tarifa de ônibus. O que esse pessoal precisa entender, que há mil coisas mais importantes para se reivindicar do que uns míseros R$ 0,10 a mais na passagem.

Tudo isso leva a crer  que o pensamento desses manifestantes é tão pequeno quanto ao aumento dessa tarifa!

Temos muitas coisas para se reivindicar e eles ficam brigando por migalhas.

 

Varre, varre, vassourinha…!

7jan2017-o-prefeito-de-sao-paulo-joao-doria-psdb-vestiu-se-novamente-de-gari-e-varreu-parte-da-avenida-paulista-durante-operacao-do-programa-sao-paulo-cidade-linda-neste-sabado-1483796064129_615x300

A atitude do nosso recém eleito prefeito de São Paulo, o publicitário João Dória , varrendo as ruas em um ato de comprometimento, está mexendo com a opinião de muita gente. Muitos acham que é demagogia, outros concordam dizendo que está compromissado e focado em fazer um bom governo.

O brasileiro precisa acabar com essa síndrome de cachorro vira lata, onde uma hora elogia,  e os mesmos que elogiaram, mudam de opinião criticando depois!